By 12/05/2010 1 Comments

Hotelaria em recuperação face a 2009




Em Março o número de dormidas aumentou 2,7% atingindo os 2,5 milhões informou ontem o Instituto Nacional de Estatística

Para esta evolução contribuíram positivamente tantos os residentes (+4,4%) como os não residentes (+1,9%). Ainda assim denotou-se uma quebra dos proveitos de 3% (particularmente intensa no Alentejo e Madeira) podendo esta justificar-se por uma redução das margens de comercialização.

Os aldeamentos turísticos (+12,9%) e os Hotéis (+6,4%) foram os tipos de alojamento que registaram as maiores variações homólogas. Quanto à origem dos não residentes, destaca-se o forte crescimento de Espanhóis, mais 30% que em igual período do ano anterior.

Sem grande surpresa, a nível regional assinala-se a forte quebra de dormidas na Madeira (-19,8%), uma evolução que contrasta com o Norte, Centro e Alentejo onde se registaram variações homólogas superiores a 10%.

Tags: ,





1 Comment on "Hotelaria em recuperação face a 2009"

Trackback | Comments RSS Feed

Inbound Links

  1. Economia & Finanças | 12/05/2010

    Post a Comment